Archive for Julho 2014

Last post from Brazil/First post from USA

Senta que lá vem história!

Estou aqui no Aereporto John F. Kennedy, em NY, esperando meu voo para o Colorado. Mas antes de contar tuuuuuudo o que aconteceu desde o embarque, eu vou voltar lá pro começo da minha saga Au Pair. Eu preciso dizer que tudo deu certo pra mim (até agora). Eu tinha tireóide, colesterol, estranhos nódulos no seio e dor nas costas. Eu fui ao médico para ver sobre isso antes de vir pra ca e com muita sorte, eu não tinha mais Tireóide, nem colesterol. Os nódulos são normais pras meninas da minha idade, fiz ultrassom e estava tudo bem, e minha dor nas costas não passa de sedentárismo. Eu achava que umas dessas coisas poderiam me impedir de realizar meu sonho. Mas não, aqui estou eu, saudável em New York city. Fiz amigas maravilhosas, e nós nos falamos todos os dias. Uma ajuda a outra, e eu tenho muito orgulho do meu choque de monstro. Meu agente, que é homem e não mulher, foi o melhor do mundo. Sempre respondia meus e-mails rápido e foi muito atencioso!

Agora sim, podemos falar sobre a minha viagem! Eu não sei se consigo escrever sobre a hora de dizer tchau pra minha família sem chorar. Mas foi dificil e dolorido. Voei de SC pra SP, onde fiquei mais ou menos 10 horas esperando o voo pra NY. EU ODEIO AEROPORTOS! Eu sempre me perco neles rs Depois de um tempo as meninas que iam comigo começaram a aparecer e agente foi formando um bolo de meninas com camisa rosa que iam se aventurar pra outro país. Depois que elas chegaram o tempo passou mais rápido, e nós estavamos todas nervosas e felizes. A Lary, Rúbia, letícia, Tamires, Anne, Fran e a Tati foram as melhores pessoas que poderiam ter viajado comigo. Amei!
Em contra partida minha viagem foi HORRÍVEL. Eu nunca passei tanto frio na minha vida. LEVEM CASACO! Eu tomei remédio pra dormir, e ainda assim não conseguia porque eu não consigo dormir com frio. A menina do meu lado viu que eu estava tremendo e me ofereceu a mantinha dela, e aí sim, eu consegui tirar uns cochilos. As refeições do avião são muito ruins também. Não comi nada lá, e não tive coragem de sair de baixo da mantinha pra pegar minhas bolachas na bolsa, então passei fome, frio e sono. E aí, eu pousei em NY, e toda aquela sensação ruim desapareceu. A gente estava tipo: OMG A GENTE TA EM NYYYYYYYY. Passamos pela segurança e imigração, os caras são uns estípidos, mas é muito tranquilo. Eu sempre com a sensação de que iam embaçar pro meu lado. Você chega do lado de fora e da de cara com um monte de taxis amarelos e mais uma vez a gente fica A GENTE TA EM NY! O pessoal da Apia estava lá pra buscar a gente e nos levar pro Hotel. No caminho pra lá, todas nós dormimos. Olhamos um pouco pela janela, e  agente até tentou não dormir, mas nossa, é muito cansativo. Chegamos no Hotel e fomos direto tomar café. Não era bom. Sdds to café com bolacha ou pão e margarina. Lá tinha -acreditem ou não- Salmão! Não sei quem come salmão cru no café da manhã, mas ok. Tinha ovos e bacon, so american. Mas eu comi frutas e tomei suco. Na Apia, a segunda feira é off pras Au Pairs. Pras elas dormirem e descasarem... Mas não foi isso que a gente fez. A linda da Gisela levou a gente pra passear em NY. Fomos no Central Park, Times Square, andamos por horas. Foi muito legal. Eu me sentia em um filme a cada lugar que eu passava. A gente não se acreditava!











Lembra que eu falei que eu estava no aeroporto em NY? Então, eu estava mesmo, mas fui publicar o post e a internet não carregou! Agora estou na casa da host family e vou continuar o post daqui! Então, a semana de treinamento é muito cansativa, ainda não me recupeirei, ou eu não me acostumei com o fuso horário do Colorado. Depois de mais 4 horas de avião (sorte que tinha wifi) pousei no meu Colorful Colorado. Eu fiquei meio bem perdida, sem saber onde era o lugar pra eu pegar as malas. Eu perguntei pra um guarda e ele me apontou o caminho. Cheguei lá e vi meu host e a atual Au Pair da Inglaterra; Não houve a dança da Au Pair porque eu ja cheguei abraçando. Fomos pro carro, e 30 munutos depois chegamos na minha host house. Minha host veio me encontrar e já me deu abraço também. Eles são uns amores, bem como eu imaginei. As minhas meninas também são! Elas disputam pra ficar perto de mim e já me disseram que acham que eu vou ser uma ótima nanny pra elas, AWN. Elas adoraram os presentes que eu trouxe, e cara, uma coisa que fez meu dia valer a pena, quando eu fui dizer tchau porque ia pro Shopping com a atual Au Pair aqui, todas elas correram pra me abraçar. SO CUTE! Eu não to comendo muito porque tenho vergonha de abrir a geladeira. Eu já chorei muito desde que cheguei aqui. Achei que ia ser mais fácil pra mim, mas eu não consigo pensar na minha casa/família/namorado sem soltar umas lágrimas. Fico pensando: o que eu to fazendo aqui? Por que eu vim pra ca? Eu só queria ir no bar da esquina comer m X-burguer com meu namorado... Mas aí eu paro e penso: Eu vi aqui pra aprender inglês, amadurecer, ser independente. E eu vou até o final! Dói, mas tenho que ver que é pro meu bem. E por sorte, minha host family é demais!
Fui pro shopping hoje e comprei algumas coisinhas. Eu to colecionando ''placas de carro''. 



É isso minha gente. Mais uma Au Pair recém chegada!
Que venham os próximos meses; Beijo!

3 Comments

please please please, let me get what I want...

... good times for a change!

Faltam 16 dias pro meu embarque. Pânico, empolgação, medo, felicidade, dúvida, ansiedade. Todos os sentimentos juntos e misturados. Não da pra parar de pensar nisso nem por 1 minuto.
Correndo atrás dos últimos preparativos, e eu me vejo totalmente perdida ainda. Não entendo nada de malas, o que pode o que não pode, tenho que comprar presentes pra 4 crianças, 2 pais, 1 au pair e 1 Lcc. E apenas tenho 1 mala de 23 Kilos, 1 carry on pras roupas do treinamento e 1 mochila pros eletrônicos. Mas quando eu começar a fazer as malas eu me preocupo com isso.
Meu kit de embarque chegou e é muito podrinho. A blusa poderia ser amarela, daí eu usaria pra sempre.


Nos meus momentos de empolgação, aqueles em que eu não estou morrendo de medo, eu constumo ficar lendo sobre o Colorado, vendo fotos, procurando eventos legais que vão ter por lá.
E aí eu descubro que o Morrissey vai fazer show um dia antes de eu chegar. Bacana! Mas ele volta, eu espero. E vai ter tantos shows que eu vou querer ir em tudo. Mas não antes de comprar meu Iphone e a GoPro <3
Eu e as meninas que embarcam comigo fizemos um grupo no whats e no facebook, e é muito legal! Todas no mesmo nível de empolgação, e uma ajuda a outra. Não vejo a hora de encontrar elas no aeroporto!


O próximo post vai ser o Last post from Brazil. Até lá!


9 Comments
Tecnologia do Blogger.

Search

Swedish Greys - a WordPress theme from Nordic Themepark. Converted by LiteThemes.com.